domingo, 20 de março de 2016

5K da Felicidade

  A volta às corridas era uma vontade, quase um sonho. Mas foi acontecendo pouco a pouco, sem pressa, sem objetivos estabelecidos.
   E depois de tanto tempo afastada, o medo foi inevitável. Ele me acompanhou toda esta longa caminhada até ontem. 
   Me acompanhou mas não me dominou. 
   Foram dois anos sem nem um trote, e foram seis meses de redescobrir passada, respiração e cansaço. E valeu a pena, todo este cuidado e todo este preparo. Porque não corri, mas cuidei de preparar o corpo para isso.
   Eu nem pensava em me inscrever em uma corrida quando lendo uma revista de fitness vi a propaganda da “Carrera de las Chicas”, era perfeita porque eram somente 5K. Não deu para resistir.
   O treino consistiu em tentar voltar a ser capaz de concluir 5K, e não foi difícil. 
   Consegui! Claro, sempre existe aquela vontade de que seja como antes, mas ter voltado é o que realmente importa agora.
   A “Carrera de las Chicas” teve aquela sensação maravilhosa que tão bem conhecemos de alegria, animação e prazer.
   A entrega do kit uma finura só, extremamente organizado e calmo, ao melhor estilo paraguaio. 
   A concentração antes da largada, um pouco desorganizada, mas nada que prejudicasse o andamento de tudo. Um detalhe a mencionar, as Paraguaias empurram muiiiito. E elas definitivamente não estão nem aí para os fotógrafos do evento, o legal (para eles) é tirar selfies com as amigas. 
   O percurso tinha suas dificuldades, com subidas longas e sutis Sabe aquelas que você mal percebe que está subindo? Assim, mesmo. 
   A hidratação estava perfeita, mas eram garrafas, o que é bem desagradável, mas pior é passar sede.
   Eu passeei naquela rua, com o coração em festa. Respirei mal pra caramba e tinha perna para uns 10K.  Hodrish me acompanhando e incentivando como sempre, como não amar um dia desses? É muito bom sentir novamente este clima domingueiro.
   Fiquei feliz com o tempo, já não me exijo tanto. Fiquei mais feliz ainda de ter cruzado a linha. 

   Não é uma volta ao que era antes, foi mais um desfrutar o momento. Porque correr sem a carga pesada de treino, sem exagerar na distância continua sendo meu plano. Não quero perder o que conquistei até aqui. E estou feliz demais com estes 5K!

Vana.